sábado, 13 de outubro de 2012

8 ano - exercicios cap 11

8 ano – Exercício revisão capítulo 11
 
     1 – O que chamamos de neocolonialismo ocorrido durante o século XIX?
  1. Por que isso ocorreu?
  2. Qual a justificativa utilizada pelas potências européias afim de ocupar o continente africano e asiático?
  3. O que foi a Conferência de Berlim?
  4. O que foi discutido nesta Conferência?
   6 -
"…Nós conquistamos a África pelas armas…temos direito de nos glorificarmos, pois após ter destruído a pirataria no Mediterrâneo, cuja existência no século XIX é uma vergonha para a Europa inteira, agora temos outra missão não menos meritória, de fazer penetrar a civilização num continente que ficou para trás…" (" Da influência civilizadora das ciências aplicadas às artes e às indústrias". Revue Scientifique, 1889)A partir da citação acima e de seus conhecimentos acerca do tema, examine as afirmativas abaixo.
I – A idéia de levar a civilização aos povos considerados bárbaros estava presente no discurso dos que defendiam a política imperialista.
II – Aquela não era a primeira vez que o continente africano era alvo dos interesses europeus.
III – Uma das preocupações dos países, como a França, que participavam da expansão imperialista, era justificar a ocupação dos territórios apresentando os melhoramentos materiais que beneficiariam as populações nativas.
IV – Para os editores da Revue Scientifique (Revista Científica), civilizar consistia em retirar o continente africano da condição de atraso em relação à Europa.
Assinale a alternativa correta:

(    )
Somente a afirmativa IV está correta. (    ) Somente as afirmativas II e IV estão corretas. (    ) Somente as afirmativas I e III estão corretas. (    ) Somente as afirmativas I, II e III estão corretas. (    ) Todas as afirmativas estão corretas. 
 
7 - No decorrer do século XIX, as grandes potências européias lançaram-se à conquista colonial da África e da Ásia. Sobre a ocupação da África e suas conseqüências, é incorreto afirmar:

A violência em que se deu a colonização provocou grandes distorções nas estruturas econômicas, sociais e culturais dos territórios dominados. Intrigas entre etnias foram estimuladas e antigos reinos destruídos, vencidos pela superioridade militar dos colonizadores.   (    )

Os europeus demarcaram fronteiras, confiscaram terras, forçaram grupos nômades a fixar-se em territórios específicos. Em conseqüência disso, os Estados africanos atuais, na sua maioria, não têm a mesma unidade cultural, lingüística e social. (    ) A ocupação do território africano destruiu estruturas tradicionais; a economia comunitária ou de subsistência foi totalmente desorganizada, pela introdução de cultivos e outras atividades, destinadas a atender exclusivamente às necessidades das metrópoles. (    ) A ocupação européia beneficiou o continente africano, pois possibilitou a inserção da África na economia capitalista mundial. Antes da colonização européia, a economia africana restringia-se a suprir as necessidades básicas de sua população; assim, os africanos viviam sob condições de vida bastante atrasadas. (    ) A ocupação das colônias criou sérios problemas (muitos ainda não resolvidos, mesmo na atualidade). Pode-se dizer que muitos dos conflitos étnicos que existem hoje na região são conseqüências da dominação colonial da África (    )
8 - O processo de ocupação territorial do continente africano se deu em duas fases. Sobre elas, responda:
a) Quando e com que objetivo ocorreu a primeira fase do colonialismo africano?
b) Quando e com que objetivo ocorreu a segunda fase do colonialismo africano?

9 -
O que significa dizer que a partilha da África foi feita de maneira arbitrária?10- Por que as potências europeias incentivavam as rivalidades entre os grupos étnicos africanos? Cite um exemplo

11- Eça de Queirós, em CARTAS DA INGLATERRA, afirma que "em toda a parte onde (o inglês) domine e impere, todo o esforço consiste em reduzir as civilizações estranhas ao tipo da sua civilização anglo-saxônica".
Como os europeus de fins do século XIX e início do século XX justificavam sua prática imperialista? 12 - 
A análise do mapa e os conhecimentos sobre colonialismo e imperialismo permitem concluir:
(1) A foi metrópole de G durante mais de três séculos e manteve colônias em H até o século XX.
(2) A disputou com B as terras de I, as quais, do século XVI ao XIX , foram exploradas e colonizadas por C. (4) E disputou com A mercados fornecedores de açúcar localizados em G, durante o século XVII, enquanto D e C disputaram colônias em H e I, no século XIX.
(8) B conquistou áreas coloniais em F, no século XV; no entanto, durante os séculos XVIII e XIX, essas áreas foram objeto de freqüentes disputas entre B, C, D e E. (16) Colonizadas por E, áreas localizadas ao sul de H foram palco de significativo conflito com D, no século XIX, em disputa pela sua posse. (32) B foi o primeiro país europeu a unificar-se territorialmente, no século XV, o que possibilitou o estabelecimento de áreas coloniais em I e, conseqüentemente, melhores condições de disputar essas áreas com C e E, durante o século XX. Soma (     )

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Início